As próximas estapas ocorrerão no mês de agosto de acordo com o Calendário da Federação de Beach Handball do Estado do Rio de Janeiro.

Entrevista - Zezé Sales





1. Como se deu o início do handebol de areia em sua vida?

Zezé -
Em 1997, quando foi formada a primeira seleção brasileira, um esporte novo neste ano.
O Brasil reuniu atletas de quadra de cada estado pra levar o handebol de areia para seus clubes e seus estados, depois a gente participou do mundial em 2001 no Japão, alcançando a 3ª colocação.


2. Enfrentou algum obstáculo no início da carreira?

Zezé -
O handebol de areia por não ser profissional , tive que abrir mão de convocações por o meu clube de handebol de quadra não liberar minha participação na seleção.


3. Sabemos da dificuldade do atleta brasileiro viver apenas do esporte. Como isto é para você?

Zezé -
Minha vida atlética foi pra plantar e tenho certeza que alguém vai colher, dar continuidade em tudo o que vivi. Desejo que daqui pra frente as pessoas possam ter o reconhecimento com o handebol de areia e quem sabe viver do esporte.


4. Qual foi o título que mais lhe emocionou conquistado com a Seleção Brasileira de Beach Handball? Por quê?

Zezé -
A conquista do Campeonato Mundial em 2005 na Alemanha, por ser meu primeiro título e a conquista do Bi-Campeonato Mundial em 2006, aqui no Rio de Janeiro. Depois desse campeonato eu poderia parar de jogar e fechar com chave de ouro, por que foi tudo!! Eu estava dentro da minha casa, com meus amigos e minha família me assistindo, e não há explicação pras emoções que senti.
Mas não parei porque o Handebol de Areia se tornou meu hobby e meu prazer!


5. Como foi a criação da equipe Z5 Handebol de Areia?

Zezé - Um momento pessoal difícil que eu estava passando, onde conversando com amigas que também eram atletas, resolvemos participar dos eventos do Rio de Janeiro.
E como sonhar não custa nada, sonhamos juntas e conseguimos conquistar o maior titulo brasileiro!


6. No ano de 2008 e 2009, você dividia as funções de atleta e técnica, pra você isso te atrapalhava?

Zezé -
Um pouco, porque às vezes eu não conseguia analisar meu próprio erro, e precisava conversar e corrigir as outras atletas também... O pouco tempo que tinha para beber uma água, era o tempo que eu tinha para tentar consertar meu time, e isso era bastante complicado.

7. Você esperava que com tão pouco tempo de criação da equipe Z5, ela já seria em seu primeiro campeonato, campeã brasileira?

Zezé -
Não. Eu acreditava, e sempre acreditei que pelo conjunto, teríamos um bom resultado.
Para o campeonato brasileiro nós fomos em busca da medalha, no próprio campeonato vimos o quanto era difícil, mas não abaixamos a cabeça e acreditamos que conseguiríamos apesar de ter saído em 4º da chave.
Uma mistura de vontade, união e fé, fizeram com que a equipe Z5 com menos de 1 ano de formação, alcançasse o maior titulo nacional e esse sentimento dessa vitória, ficará marcado para o resto da vida, porque significou o que é união, o que é amizade, e que esses sentimentos transformaram uma equipe teoricamente inferior, IMBATÍVEL!


8. Você acha que o handebol de areia carioca e brasileiro cresceu nestes últimos anos?

Zezé -
Cresceu e muito. O Handebol de Areia Carioca, apesar de todas as dificuldades é o que mais tem crescido nesses últimos anos. Tanto que temos sete equipes classificadas para o brasileiro.
O Handebol de Areia Brasileiro, também evoluiu muito, conquistando os títulos mundialmente, hoje tem seu espaço em ascensão, mais do que o handebol de quadra. Os atletas que defendem o Brasil e os profissionais que trabalham com handebol de areia são muito respeitados a nível mundial.


9. O que você espera do Circuito Brasileiro de Beach Handball 2009/10?

Zezé - Eu acho que o Circuito Brasileiro 2009/10 será disputadíssimo, não tem como falar em favoritismo de equipe, por que as equipes que estão classificadas são muito fortes e equilibradas.


10. Quais os objetivos para o ano de 2010?

Zezé - Fazer uma boa participação e uma boa campanha no Circuito Brasileiro, e pra isso muito treino!

11. Como você se sente sendo uma referência para muitos atletas, tanto no Handebol de Quadra, quanto no Handebol de Areia?

Zezé - Eu me sinto muito feliz! Aqui no Rio as atletas das outras equipes me respeitam e admiram, e isso faz com que criemos amizade independente de sermos “rivais”, só existe essa rivalidade, que é natural e saudável, dentro das areias. Há muito respeito e carinho, tanto delas comigo, como eu com elas.

TABELA - II ETAPA BRASILEIRO


Circuito Brasileiro de Handebol de Areia


Vem aí, a segunda Etapa do Circuito Brasileiro de Handebol de Areia, que será realizada no Rio de Janeiro...



As equipes Cariocas já estão se preparando, e amanhã ocorrerá a 5a etapa da série A do Circuito Estadual de Handebol de Areia em Copacabana a partir das 9h30m, onde terão 6 equipes femininas: Z5 Handebol, Unisuam, Campo Grande Beach Handball, Vasco da Gama, IEMAR e Unihand Beach/Belford Roxo e 6 equipes masculinas: Vasco da Gama, CA/Rio Handbeach, Debret, Unisuam, Guaíba/AMHb Macaé e Niterói Rugby.


Boa sorte a todos os atletas!!!

Seleção Brasileira - World Games 2009



Parabéns a todos os atletas convocados!!
Vamos trazer mais uma medalha para o Brasil!

Etapa de treinamento Seleção Brasileira



Começou hoje a Etapa de treinamento da Seleção Brasileira feminina e masculina, visando o WORLD GAMES, desejamos muita sorte aos atletas do Rio, e a todos que estão representando a Seleção Brasileira.

Na foto: Edna, Zezé, Jerusa (atletas do Z5 Handebol de Areia-RJ)

Gostaria de dar uma breve pausa no Handebol de Areia, para falarmos de um assunto muito sério e importante...
Sabemos como atletas e técnicos que tudo melhora quando trabalhamos em grupo!!






clique na imagem para ver em tamanho normal...


Vídeo da Campanha...

video

CLASSIFICAÇÃO 3ª ETAPA - SÉRIE A







Tabelas - 3ª Etapa Estadual de Handebol de Areia
















Handebol de Areia na ESPN BRASIL